Institucional

Localização

Rua: Passo da Pátria, 600 - Vila Leopoldina

 

São Paulo/SP - CEP: 05085-000

Contato

(11) 3596-9510     (11) 99438-8228

 

contato@oficinadearteiros.com.br

2019 | Todos os diretos reservados. 

A importância do BRINCAR e opções de brincadeiras que estimulam as crianças.

May 23, 2017

 

Já reparou que hoje em dia as crianças tem a agenda mais atolada do que a nossa? Será que esse excesso de atividades extra-curriculares, deveres escolares e eventos sociais são necessários? Onde fica a brincadeira?

 

Hoje, o brincar fica em segundo plano, pois a maior preocupação dos pais tem sido cada vez mais em saber se os filhos estudaram ou se foram bem em alguma prova da escola.

Mas será que uma criança consegue se desenvolver o bastante sem brincadeiras na sua vida?

 

Brincar não é somente entretenimento, através do jogo, a criança aprende regras e consequentemente aprende a ganhar ou perder, trabalhando as angustias e frustrações. Sendo em grupo, as crianças aprendem a se socializar com princípios como o da liderança, cooperação e respeito por si e pelo outro.

É uma forma também da criança simular situações e conflitos da sua vida familiar e social, expressando de forma natural e espontânea suas emoções e sentimentos.

Aprender a lidar com esses sentimentos é essencial para o seu equilíbrio emocional e o desenvolvimento de sua personalidade.

Podemos citar também o estimulo a criatividade, imaginação, memória e raciocínio. Os benefícios do brincar são tão infinitos que fica impossível não arrumar um espacinho na agenda das nossas crianças para tal atividade.

Assim como os estudos, o espaço, o tempo e a seleção dos materiais destinados a brincadeira devem ser pensados para que favoreça a criança um ambiente de qualidade e enriquecedor, estimulando a sua imaginação e interação com outras crianças.

 

Estimular a imaginação de uma criança é uma tarefa extremamente fácil.

Já pensou que um simples graveto pode se transformar em uma espada ou varinha mágica? Vale tudo quando se trata de imaginação. Criar brincadeiras sem brinquedos é um exercício e tanto para o desenvolvimento infantil.

Basta ter mentes cheias de criatividade e um coração lúdico para se entreter.

 

Quer que o seu filho cresça saudável e feliz? Deixe ele brincar!


Brincadeiras em grupo

 
Brincadeiras como pega-pega e esconde-esconde dependem das regras.
São desenvolvidas habilidades como: relação espacial, organização e raciocínios de lógica, sobre a melhor forma de desenvolver a brincadeira tentando não ser pego, por exemplo. 


Brincar de casinha 


Outra brincadeira clássica e tradicional, que muitas vezes não requer objetos, é brincar de casinha. Uma caixa de papelão, um lençol e cadeiras resolvem.  As crianças desenvolvem personagens, estabelecem relações diferentes dos seus papéis ocupados no dia a dia. É inclusive através dessas brincadeiras que elas vão compreender e desenvolver, através do imaginário, as regras e relações sociais e amadurecer questões psíquicas, como os seus desejos, seus medos e suas alegrias.

 

Cientistas

 

A criança é curiosa por natureza, testa seus limites, suas ideias e seu corpo. Testam o vento, a água, o sol, as folhas. Basta um passeio em uma praça pra elas subirem numa árvore, olharem as folhas, repararem que uma folha difere de outra, nos bichinhos que estão na terra. nas cores. 


Professor

 

É uma variável do brincar de casinha, mas no qual há uma posição de chefia, de liderança, de detentor do conhecimento e daqueles que estão para aprender.

 

Contação de histórias

 

Contar histórias é uma ação do tempo das cavernas.  É o ato de falar e ser ouvido. De grande importância para a criança aprender a desenvolver tanto a ação de se comunicar, de se fazer entender, quanto ao importante ato de aprender a ouvir. Prestar atenção ao próximo, desenvolver a compreensão do texto e da fala.

 

Telefone sem fio

 

Bastam 4 crianças… e a brincadeira está garantida. Essa brincadeira, além de muito divertida, também traz o desenvolvimento da compreensão e da fala.

 

Corte/ colagem 


Papéis, lápis, tesouras, tintas e colas. Purpurinas, barbantes e o que mais for possível para este momento. As crianças se entretêm, muitas vezes criam brinquedos com o material que está à disposição e colaboram para o desenvolvimento do outro brinquedo. Isso estimula a criatividade, imaginação e até mesmo a coordenação motora. 
 

Bora brincar???

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

20 idéias fáceis para decorar sua casa para o NATAL

December 8, 2016

1/6
Please reload

Posts Recentes